quarta-feira, 25 de maio de 2016

LIDERANÇA E CHEFIA - O QUE A DILMA , O BRASIL E A MINHA MÃE ME ENSINARAM SOBRE ESSAS DIFERENTES FORMAS DE GERIR.



Liderar e chefiar são idéias totalmente opostas.

Enquanto um inspira, o outro manda

De acordo com o Dicionário Aurélio, da língua portuguesa, "LÍDER" é a pessoa que exerce influência sobre o comportamento, pensamento ou opinião dos outros.

E essa influência é exercida não sob compulsão, mas de forma espontânea. Naturalmente.

Já para o termo "CHEFE", esse mesmo dicionário o define como funcionário ou empregado que dirige um serviço.

Na prática existe uma diferença gritante entre os dois termos, mas que infelizmente alguns em pleno século XXI desconhece.

Continue lendo este artigo e saberá mais sobre:

  • Como diferenciar um Líder de um Chefe medíocre?
  • Que lições aprendemos sobre o estilo de Gerir da Presidente afastada Dilma Rousseff?
  • O que desde minha infancia aprendi sobre Liderança?

Parece interessante? Então aproveite para deixar seu comentário abaixo, e indicar para um amigo nas redes sociais, poderá ser muito útil. 


CARACTERISTICAS DISTINTAS ENTRE UM LÍDER E UM CHEFE MEDÍOCRE



Já se deparou alguma vez com um gestor autoritário, mandão e arrogante, que simplesmente estava "Gestor" porque fazia lobby com outros departamentos?

Quantas vezes esse gestor era excelente em apontar e responsabilizar seus subordinados quando algo dava errado, porém rápido em agir como se ele mesmo tivesse executado algo memorável em suas tarefas, sem sequer atribuir o mérito à seu real merecedor?

Pois é, estou me referindo ao clássico chefe medíocreAquele que pensa que o funcionário deve seguir suas ordens da maneira que julga mais eficaz.

Por outro lado, talvez você já teve o privilégio de trabalhar ao lado de alguém que te inspirou à fazer seu melhor. Alguém que trabalhava junto com o grupo, que valorizava as habilidades de cada um da equipe.

Esse tipo de pessoa é um verdadeiro líder

Enquanto o chefe destroí, o líder te faz acreditar que vale à pena cada minuto de seu tempo dentro da Empresa.

Líder não centraliza tarefas. Sabe delegar.

Existe pessoas que são líderes natos. Possuem iniciativa e capacidade de influenciar pessoas. Consegue atrair e não repelir.

Trabalhei por mais de 10 anos no Mundo Corporativo. Conheci muita gente, do Brasil inteiro praticamente!

Conheci verdadeiros líderes que sou grata até hoje por esse privilégio de tê-los conhecido. E conheci também chefes. Chefes mediocres e imorais.

Esse segundo grupo ao qual me refiro, é formado por pessoas que tem uma historia de vida não muito bonita, e hoje por estarem em uma posição privilegiada pensam que o "Cargo" é a salvação de suas almas.

São pobres de espírito. Preocupam-se apenas com posição, e nada com iniciativa.

Estão enfunados de orgulho, e se consideram acima dos demais.

Resumidamente: São dignos de pena

Vejamos um exemplo clássico de um estilo de Liderança ultrapassado, e as doloridas consequencias que trouxe sobre si mesma e à uma imensa Nação.

Qual o estilo de Liderança da presidente afastada Dilma Rousseff?



Sem levantar bandeira à um partido ou à outro, vamos falar diretamente do estilo de gerir da Sra. Dilma Rousseff.

E decidi mencionar a Dilma simplesmente pelo fato de ser o principal exemplo de liderança que podemos ter, visto estar à frente de uma nação.  

Diferente de seu antecessor, o ex-presidente Lula, com perfil carismático e que conquistou o povo brasileiro, Dilma possui personalidade forte, do tipo mandona mesmo.

O Clássico: Manda quem pode, obedece quem tem juízo!

Seu estilo de gerir foi marcado por uma liderança dura, aquela que bate na mesa e impõe o que pensa. 


Com essa prática, Dilma plantou inimigos onde deveria estar seus aliados, e acabou paralisando seu próprio Governo.

Na votação do impeachment isso ficou claramente evidente. Uma base outrora aliada, estava totalmente contra

Confesso que acompanhei a votação pela TV e sentí muita pena, mas ao mesmo tempo concluí que ela mesma transformou seus "aliados em inimigos".


Pois bem, além disso, Dilma cometeu ainda outros erros de critério ao selecionar pessoas erradas para seu Governo, e muitos de seus auxiliares acabaram fracassando, alguns tiveram problemas com a justiça ( envolveram-se em escandalos bem escandalosos...) e seu vice à abandonou, e ficou de espectador saboreando tudo que lhe sucedia de ruim.

E para piorar ainda mais sua imagem e fortalecer a oposição, Dilma continuou muito próxima à seu antecessor, à ponto de parecer que quem continuava "mandando" era o ex-presidente Lula e não ela.



As pedaladas fiscais e o crime de responsabilidade nem vou entrar no mérito, ou faltarão páginas para escrever.


Aí te pergunto: Dilma foi capaz de formar seguidores fiéis? Se sim, quando mais necessitou estes estavam à seu lado?

Particularmente admiro a história de vida da Sra Dilma, mas tenho que concordar que ela "se perdeu" em sua liderança. 

Cometeu uma série de erros crassos, que lhe custou muito caro - Seu Mandato!

Um exemplo que vi muito nas Empresas que trabalhei: Funcionário excelente na área operacional, porém quando promovido à Gestor detonou a sua área, e sua carreira. Foi um verdadeiro fiasco!

Fez de seus antigos pares e atuais subordinados, novos inimigos

E por que se deu isso?

Porque não estava preparado! Não sabia liderar. 

Isso também ocorreu com a Sra. Dilma. Lamentavelmente.

Portanto, fica a lição: Liderança é ação. Não posição.

Envolve formar sucessores, inspirar pessoas, atrair aliados sem  a necessidade de usar o crachá. 

Gestores, cuidado ao promover um colaborador. Analise bem seu perfil comportamental. Não seja parcial ao tomar essa decisão.

E a minha mãe, o que ela tem à ver com tudo isso?




Explico de maneira muito sucinta:

Minha mãe foi meu primeiro exemplo de liderança. Talvez o mais importante.

Me refiro à liderança pelo exemplo propriamente dita!  

Quando criança ela nem precisava repetir Cátia não faça isso ou aquilo. Somente com seu olhar eu já captava a mensagem...

E isso tudo ocorreu por seu exemplo ativo. Me ensinou à não jogar papel no chão, porém ela mesma praticava isso.


Me ensinou respeitar os mais idosos, porém ela sempre foi a primeira a respeitar.

O ponto que quero destacar é: SEJA UMA PESSOA CONGRUENTE! 

Pratique exatamente àquilo que ensina à seus filhos, ou subordinados.


Afinal, palavras convencem, mas exemplo arrasta  


E o Brasil, como se encontra hoje?



Infelizmente com reflexos de uma péssima administração.

Com a maior taxa de desemprego da história (11,1milhões de desempregados), com a moeda desvalorizada, e com a nossa moral no chão perante alguns parceiros Comerciais.


BREVE CONCLUSÃO:


Liderança é isso...

Ou você conduz de forma assertiva, sendo congruente em sua conduta, ou colecionará inimigos e seu reinado se desmoronará.

Espero de verdade que esse artigo lhe tenha sido útil.

Se sim, aproveite e compartilhe em suas redes sociais, e faça com que mais pessoas compreendam a sútil diferença entre chefiar e liderar.

Abs.

Até o próximo post.

Cátia Duville


FONTE:
http://brasil.elpais.com/brasil/2015/03/09/opinion/1425934916_907743.html
http://noticias.uol.com.br/ultimas-noticias/agencia-estado/2016/04/19/dilma-tera-que-mostrar-lideranca-se-quiser-sobreviver-diz-nytimes.htm
http://www.livrariacultura.com.br/p/lideranca-da-presidente-dilma-rousseff-30351246 
   

    

    
 

 

  







 
 

          

  

  

 






0 comentários:

Postar um comentário